Conheça 5 dicas para se tornar um corretor de imóveis

Conheça 5 dicas para se tornar um corretor de imóveis

Os brasileiros se acostumaram com a ideia de que para ganhar muito dinheiro, você precisa ser um político, jogador de futebol, médico ou até mesmo concursado público. Isso acaba limitando o campo de visão profissional dos trabalhadores, causando um comodismo em se conformar com profissões que pagam pouco.

Mas algumas pessoas começam a abrir os olhos para as possibilidades de faturar alto desde cedo e acabam enxergando o mercado de corretores de imóveis como uma possibilidade real de ganhar dinheiro sem precisar trabalhar em condições avassaladoras. Veja agora 5 dicas para se tornar um corretor de imóveis e começar a ganhar dinheiro o mais breve possível!

Você precisa de curso

Sendo direto ao ponto, para se tornar um corretor de imóveis você precisa cumprir vários requisitos que envolvem, desde a sua formação profissional, até estar credenciado no órgão regulamentador da área. 

Então, sem um curso não vai adiantar de nada você ter um ou vários terrenos à venda. Existem dois cursos que você pode fazer para se tornar um corretor imobiliário: 

  • Técnico em Transações Imobiliárias (TTI)
  • Curso superior em sequencial e Tecnológico de Ciências Imobiliárias ou em Gestão de Negócios Imobiliários. 

Esses cursos podem durar de seis meses a um ano e meio, podendo ser cursados de forma presencial ou à distância.

Licença no CRECI

O CRECI é o Conselho Regional de Corretores de Imóveis, órgão regulamentador que credencia um profissional habilitado para atuar como corretor de imóveis. Sem essa licença, o corretor não poderá trabalhar. Cada estado possui seu próprio CRECI e você deve procurar o respectivo de sua região. 

Embora o corretor tenha que estar credenciado no CRECI, não é obrigatório você ter um CNPJ para atuar nesse mercado. No entanto, o mais indicado é que o profissional registre seu CNPJ para que os impostos sejam pagos de forma correta e na alíquota mínima. 

Escolha seu nicho de atuação

Como em várias áreas de atuação profissional, o corretor de imóveis pode atuar em diversos nichos, podendo escolher entre:

  • Vendas de imóveis comerciais; como lojas, comércios e escritórios
  • Vendas de imóveis residenciais e de veraneio
  • Vendas de imóveis que são galpões, áreas industriais e até mesmo fazendas.

Escolher um nicho pode ser uma ótima forma de fugir da concorrência, que na área de vendas de imóveis residenciais parece ser esmagadora.

Analise o cliente e suas necessidades 

Como todo bom vendedor, o corretor de imóveis que age de forma profissional precisa estar a par da necessidade dos seus clientes ou de seus prospects. E isso se dá por uma análise que conta com questionamentos sobre o que o cliente busca naquele imóvel que está pretendendo investir. 

Por isso, é sempre importante conseguir fazer a leitura corporal sobre como seu cliente demonstra sentir ao falar sobre suas necessidades.

Aprenda a vender ainda mais!

Todo corretor aprende a vender de diversas maneiras, principalmente utilizando ferramentas como a PNL ou persuasão através de palavras e expressões. Mas nessa área, o profissional precisa estar em constante evolução e aprendizado, buscando cursos para aprimorar suas aptidões. 

Agora você sabe como se tornar um corretor de imóvel profissional e pode começar agora mesmo a trilhar seu caminho para o sucesso!

Leave a Reply

Your email address will not be published.